skip to Main Content
Case All Nations E EIVE

Grupo All Nations fatura mais de R$ 1 bilhão com a ajuda do EIVE ERP

Uma história de sucesso que pode ser dividida entre antes e depois do EIVE

Com sede no Rio de Janeiro e filiais em Santa Catarina, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, China e Miami, a All Nations atua desde 1993 em todo o território nacional na distribuição de soluções em tecnologia, construindo parceria com as principais marcas globais a fim de oferecer a seus clientes a melhor solução logística e de crédito.

Hoje a All Nations é um grupo de empresas compostas pela Hicorp, especializada em segurança eletrônica e controle de acesso de segurança, Win, com foco em soluções para energias renováveis, e Mania Virtual, cuja atuação em e-commerce abrange a comercialização de mais de cinco mil produtos e 20 milhões de clientes em todas as regiões do país, além da própria All Nations.

Como a All Nations chegou ao EIVE

Em 2012 tornou-se cliente do Grupo DB1 utilizando o Edig, solução voltada a notas fiscais eletrônicas. Em 2014 com a implementação do ERP desenvolvido pela DB1, a empresa maringaense respondeu bem ao desafio de agregar tecnologia mais eficiente ao e-commerce do Grupo, o Mania Virtual.

A experiência já utilizada da Mania Virtual ajudou na consolidação e pela definição do trabalho realizado pela DB1 para o grupo All Nations.  O EIVE, ERP especializado em e-commerce do DB1 Group, deu impulso à todas as atividades da empresa, ajudando o grupo a alcançar e bater metas continuamente desde então.

O impacto do EIVE na saúde financeira da All Nations

A agilidade na organização da produtividade e de todos os processos, a efetiva integração de informações de dentro do banco de dados com a geração de relatórios gerenciais mais integrados, desde a entrada no fluxo do pedido de compras, até os cálculos de contabilidade e departamento financeiro, garantiram a evolução.

De quase meio bilhão de reais em 2018, passando pelos R$ 630 milhões registrados em 2019, a Grupo All Nations fecha 2020 com crescimento de 45% em relação ao ano anterior e ultrapassa a mais de um R$ 1 bilhão em faturamento.

“R$ 1 bilhão em um ano pautado pelos esforços dos funcionários frente à crise. Fomos soldados e fomos para a batalha. Conseguimos integrar a equipe, direcionar os esforços para a melhoria de nosso relacionamento com a indústria em que atuamos e com nossos clientes. Uma das estrelas deste faturamento foi o crescimento do e-commerce”, acredita Michael Castro, diretor comercial da All Nations.

O executivo reconhece ainda o papel importante dos fornecedores e lembra que a empresa buscou investir em produtos que estavam faltando no Brasil e, consequentemente no canal, o que favoreceu o crescimento do e-commerce.

O grupo All Nations detectou a escassez de alguns itens e, aproveitando a grande capacidade de importar produtos, se aproximou mais ainda de fabricantes chineses. Assim, a marca PRIZI, que detêm importação exclusiva para a Mania Virtual obteve grande sucesso no Brasil. E ainda a PC TOP, – Monitores, acessórios, cadeiras para gamers – também com exclusividade.

“Ou seja, enquanto faltavam produtos no Brasil buscamos alternativas fora daqui que tiveram grande aceitação e alavancaram o e-commerce. Mas crescimento não é nada sem controle, e o papel do EIVE ao possibilitar este crescimento sem atropelos foi fundamental”.

Jasper Perru, gerente comercial do EIVE, reforça a importância do EIVE estar junto com o grupo All Nations nesta conquista. “Mais uma vez o EIVE reforçou sua vocação de ser um ERP robusto e apto a acelerar e acompanhar toda jornada de crescimento das empresas”, finaliza.

Quer ver resultado assim como a All Nations?

Fale com a gente!

Esse post tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top